Choque de Civilizações

“Sabe o que eu penso acerca da ideia de choque de civilizações, ou de guerra de mundos, que tanto abasteceu a ideologia neo-com de Bush Júnior? Eu não gosto dela. Por um motivo só: ela é simplória. Ela entende como sendo cultural e geográfico algo que é temporal e que se passa na intimidade dos povos e não entre eles. A barbárie não está no outro, longe, distante, separada por barreiras naturais, lingüísticas ou culturais. A barbárie está guardada em potência, quer seja na praia de Copacabana, nas praças de Teerã, no cinturão da Bíblia nos EUA, ou embaixo do portão de Brandemburgo em Berlin.” Pablo Capistrano

aqui

Go to TOP