Cidade da Criança terá projeto com música, cinema e intervenções artísticas!

Na última seção CURTINHAS deste blog, eu tinha sugerido transferir a programação dominical e pontual promovida na Cidade da Criança para o sábado. A ideia era evitar duas opções bacanas de lazer no mesmo dia, já que o Parque das Dunas tradicionalmente apresenta o concorrido Som da Mata e até tem outro projeto para breve também aos domingos.

Pois uma notícia de prima-mão: a Fundação Zé Gugu já tem em mente essa ideia. Aliás, está programada já para abril a primeira edição do projeto ‘De Boa na Lagoa’ – alusão à Lagoa Manoel Felipe, na Cidade da Criança. Reunião de música, cinema e intervenções artísticas com poesia, performance, artes plásticas e grafite.

Claro, o projeto será realizado no anfiteatro da Cidade da Criança. E pelo formato, embora menor, me lembra o saudoso Domingo na Praça, onde também se via a mescla de tantas manifestações artísticas em um clima familiar. Tomara que dê certo, mas como não bastam boas ideias, há o velho problema da falta de grana.

A Fundação já conseguiu estrutura de som e de palco, mas ainda busca recursos na iniciativa privada para bancar os cachês das atrações. Até sugeri inscrever o projeto na Lei Estadual. É discutível a ética dessa proposta? É, mas fato é que sobram milhões em recursos todos os anos, e a Funcarte tem feito isso, se serve de exemplo.

O projeto acontecerá, a princípio, em um sábado por mês. Atrações estão fechadas para edições em abril e maio. Ou “semi-fechadas”, a depender do patrocínio. E acredito na visão do empresariado em bancar um projeto, penso eu, relativamente barato, voltado à promoção da arte potiguar e em local de excelente visibilidade.

E diferente de outros eventos culturais segmentados, a Cidade da Criança reúne o público amante da cultura e a família, digamos, tradicional, que leva seu filho para uma tarde de lazer e aproveita para assistir as apresentações. Ou seja: é um público consumidor-classe média, não-segmentado tão somente no nicho cultural.

Até hoje a Cabugi é lembrada como patrocinadora do Domingo na Praça. Seria interessante a Fundação, em contrapartida, apresentar um plano de marketing e divulgação do projeto à empresa. Enfim, acredito na viabilidade dessa ideia. Seria massa ver a Cidade da Criança com tantas cores e artes. E acho que é só o começo.

Foto: Eduardo Alexandre

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Pingback: Cidade da Criança pode ganhar evento "De Boa na Lagoa" em abril

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo