Cinza e branco

Leves
folhas
outonais
ziguezagueiam
chão afora,
e pelo ar
esvoaçam
ao sabor
do vento
célere.

Enquanto,
cândidas
e silentes,
cegonhas
ritmam
brancos
voos
espaçando
o gris
celeste.

Escritor e professor universitário. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. David Leite 27 de janeiro de 2014 20:23

    Obrigado, Danclads…

  2. Danclads Lins de Andrade 26 de janeiro de 2014 16:35

    As imagens e os movimentos captados pelas antenas sensíveis do poeta que descobriu poema entre as folhas outonais e as aves que voam no gris celeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo