Com o vento

Amigos:

Curiosamente, só vi “… e o vento levou” depois de adulto. Encaro o filme como um museu dele mesmo. Assisti a um interessante documentário sobre o processo de filmagem, os sucessivos diretores, estilos de luz e cor nas diferentes partes…
Não considero memorável mas vale a pena ver uma vez na vida. No gênero (ou mais ou menos próximo), prefiro “O mágico de Oz”.
Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

ao topo