Como funciona — ou não — a cabeça dos escritores

Por Paulo Nogueira

Converso com Anna Perera, a autora de O Menino de Guantánamo, romance sobre o qual escrevi já aqui mais de uma vez.

Sou curioso sobre a rotina dos escritores. Talvez porque, na juventude, sonhei em ser um deles, antes que o jornalismo me tragasse e me lançasse a redações por mais de 30 anos.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + doze =

ao topo