Como se fosse ontem…

Vi um teste de memória em outro site e resolvi colocar aqui minhas lembranças, manias de outrora. O amigo leitor pode colocar também algumas das suas. Responda e veja se está ficando velho. Tempos bons!…

– Você roubava chocolate na Lojas Americanas?
– Foi ao Gramil provar da cerveja mais gelada de Natal (mofada) acompanhado do miudinho? Ficava em frente onde hoje está o Mercado de Petrópolis.
– Usava mochilas da Ratos de Praia, tênis redley ou berbudas ciclone?
– Teve medo de ser espancado pela tropa da Guarita?
– Já puxou latinha de areia amarrada em barbantes e cordas na praia?
– Já desceu de tábua de morro nas dunas de Genipabu?
– Ouviu dizer que o pó do pirulitinho Diplique vendido na banquinha do colégio dava câncer?
– Usou parafina no cabelo pra ficar mais loiro?
– Chupou dadá de chiclete?
– Freqüentou as lojas Whiplash, na Avenida Salgado Filho, em frente hoje onde é a UnP pra procurar vinis de heavy metal e achar preciosidades?
– Visitou o Cabaré Danúbio, quando Capim Macio era quase que só capim, ou o Cabaré de Aninha, em Areia Preta, onde estão erguidos hoje os prédios mais luxuosos da cidade?
– Já comprou uma pulseirinha de pano com tiras desfiadas nas pontas nos camelôs da Cidade Alta?
– Assistiu os filmes de Bruce Lee.
– Brincou de Playmobil.
– Participou das festinhas americanas promovidas na rua de casa, em que os meninos levavam refrigerante e as meninas salgadinhos?
– E o “dancin” da época eram os Pet Shop Boys ou A-Ha. Um pouquinho depois veio o Tecnotrocnic.
– Comeu feijoada no final do supermercado do Hiper Bompreço?
– Colecionou biloca, tinha um “tecão” de ferro e era chamado de “rato” porque tinha boa mira?
– Assistiu muito Trapalhões nos cines Rio Grande e Nordeste?
– Brincou de Amarelinha, Bandeirinha, Tica (e suas variações), Tô-no-Poço, Polícia Ladrão, Garrafão, Tora-Réia e Cuzcuz?
– Já teve um Lango-Lango e um Pogobol?
– Assistiu seriados como Mcgyver, Trovão Azul e O Elo Perdido?
– Curtiu o playstation ou kibe do Bar de Nazi, no Hiper?
– Dançou no Pontal de Genipabu movido por “Senegal”, tocado ao vivo pela Banda Reflexus?
– Assistiu os “pegas” de carros do recém inaugurado prolongamento da Prudente de Morais?
– Precisou da balsa para atravessa seu bugre Baby de Genipabu à Barra do Rio e ouviu um senhor imitando o som de um burro pra ganhar um trocado?
– Jogou Trunfo?
– Comeu algodão-doce na AABB? O velhinho fazia na hora!
– Lembra do chocolate Lollo? Depois virou Milk (acho que é isso.rs)
– Ah, o tempo!…

E das saudades?
– Saudade de sentir varal de roupa com cheiro de sabão.
– Saudade do sol mais brando, mesmo ao meio-dia.
– Saudade das brincadeiras inocentes de criança.
– Saudade de jogar tira de casca de laranja no telhado e fazer pedidos.
– Saudade do refrigerante em garrafa de vidro.
– Saudade da liberdade e da segurança dos papos na esquina da rua, até altas horas da noite.
– Saudade de Toquinho e Vinícius; de Jobim; Gonzagão. Saudade de Cazuza e Renato Russo.
– Saudade dos vizinhos; saudade de vizinhos.
– Saudade do padre Teobaldo e sua voz gasguita a ecoar no espaço apertado da igreja São de São Judas Tadeu, em Petrópolis.
– Saudade de tudo isso. Saudade, sobretudo, naquilo tudo que um dia acreditei ser verdade…

Acredito que música, literatura e esporte são ansiolíticos dos mais eficazes; que está na ralé, nos esquisitos e incompletos a faceta mais interessante da humanidade. [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP