Contra o colonialismo linguístico

“O tema mais quente do primeiro dia do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa surgiu ainda no pátio de acesso ao auditório do Alberto Maranhão, onde estavam reunidos os escritores convidados e parte da plateia. Em entrevista à imprensa ou em bate-papos informais, eles falavam do movimento de valorização da língua materna nos países que tem o português como língua oficial, como Cabo Verde”.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo