Coro dos contentes e surpreendentes

“O bom velhinho potiguar é um belo pescador em uma jangada, que puxada por golfinhos e rodeada por seres do mar, camarões e caranguejos, presenteia a cidade de natal com um espetáculo encantador para toda a família brasileira.” Mário Ivo

aqui

ao topo