Corrida armamentista na América Latina?

Com a venda ao Brasil de 36 caças Rafale, quatro submarinos Scorpène e um submarino de propulsão nuclear, estaria a França assumindo o risco de estimular a corrida armamentista na América Latina? De acordo com o Instituto de Pesquisas para a Paz Internacional de Estocolmo (Sipri), os gastos militares na região atingiram quase US$ 40 bilhões (R$ 72 bilhões) em 2008, ou seja, um aumento de 36% em cinco anos.

aqui

ao topo