O direito de ler

Conduzido por crianças de escolas públicas que integram a Rede Potiguar de Escolas Leitoras, o 3º Ato Literário será realizado na próxima segunda-feira (7), às 9h, na Câmara Municipal de Natal e na terça-feira (8), às 8h30, no auditório do Centro Administrativo de Parnamirim. As atividades marcam a abertura da Semana Nacional da Leitura e reúnem estudantes da rede pública, parlamentares e gestores públicos.

Os atos literários têm como objetivo mostrar a importância da leitura e da literatura e, principalmente, da criação de bibliotecas nas escolas públicas, além de bibliotecas públicas espalhadas pela cidade e o estímulo à criação de bibliotecas comunitárias, entre outras iniciativas. Os atos são promovidos pelo Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), em parceria com o Instituto C&A, as secretarias de Educação de Natal e Parnamirim e a Frente Parlamentar em Defesa do Livro e da Leitura de Natal.

Durante o ato literário, as crianças participantes farão pronunciamentos de defesa do direito de ler, além de momentos literários, mediação de livros, debates e exibição de vídeos e slides. Como acontece desde a primeira edição, realizada no ano de 2011, os alunos de faixa etária entre seis e 12 anos conduzirão toda atividade, inclusive, compondo a mesa de discussão. Apenas ao final das suas falas, a palavra será concedida aos adultos.

Segundo a diretora executiva do Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), Cláudia Santa Rosa, os atos literários deste ano terão por tema a campanha ‘Cidades de Leitores’, idealizada pelo IDE. “Toda discussão levada para as escolas foi voltada para colher propostas das crianças e adolescentes sobre o que deve ser feito para construir uma Natal, Cidade de Leitores e uma Parnamirim, Cidade de Leitores.” A diretora executiva do IDE também informou que o Instituto dirigiu-se aos secretários de educação dos 167 municípios do Estado, através da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime/RN), sugerindo a realização de atividades alusivas à Semana Nacional da Leitura.

Para os atos literários em Natal e Parnamirim, o IDE criou e confeccionou, contando com o investimento social do Instituto C&A, um material de divulgação da campanha ‘Cidades de Leitores’ que envolve uma camiseta que será usada pelas crianças presentes aos atos literários, faixas de mesa, convite, adesivos para carros e marcas-texto com propostas das crianças. Para o IDE, a Semana Nacional de Leitura é uma oportunidade de fortalecer a luta pela efetivação de políticas públicas do livro, da leitura, da literatura e das bibliotecas.

ARRECADAÇÃO DE LIVROS

As crianças que participarem do Ato Literário ‘Natal, Cidade de Leitores’ receberão um exemplar de livros da literatura infanto-juvenil. As doações são fruto de uma campanha para a arrecadação de livros que está sendo promovida pela Frente Parlamentar em Defesa do Livro e da Leitura. Durante o evento, a Câmara Municipal de Natal fará uma cerimônia para que cada uma das crianças receba um exemplar.

Para que os livros sejam entregues às crianças, as vereadoras Eleika Bezerra e Júlia Arruda, – presidente e vice-presidente da Frente Parlamentar, estão recebendo e organizando em seus gabinetes os exemplares destinados ao ato literário. A doação poderá ser realizada até o horário do ato.

AVANÇOS EM PARNAMIRIM

Durante o Ato Literário, em Parnamirim, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, entregará às escolas, através dos professores mediadores de leitura, um kit com livros literários para ampliar os acervos, uma estante e um computador que servirá, exclusivamente, para fins de catalogação e controle dos acervos, além de outras necessidades das bibliotecas ou salas de leitura.

COMPROMISSO DO PREFEITO CARLOS EDUARDO

Durante audiência do Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), representado pela diretora executiva, Cláudia Santa Rosa, com o chefe do Executivo Municipal, realizada na última semana, o prefeito Carlos Eduardo informou que fará o esforço necessário para a instalação do Plano Municipal do Livro, da Leitura, da Literatura e das Bibliotecas de Natal. Na ocasião, o gestor determinou que a Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte) seja a condutora do processo.

Com este objetivo, já foi realizada uma reunião preliminar com o presidente da Fundação, Dácio Galvão. No encontro, Cláudia Santa Rosa apresentou à equipe da Funcarte as linhas gerais de como tem se dado, nacionalmente, as orientações e recomendações para a elaboração do Plano. “Foi um encontro bastante positivo porque percebemos que há muita vontade de concretizar esse plano, em parceria com a sociedade civil”, pontuou a diretora executiva do IDE.

Depois de um chamamento público dos órgãos, entidades e movimentos sociais para manifestarem o interesse de participarem do Grupo de Trabalho que elaborará o plano, a expectativa é de a assinatura do decreto do prefeito, oficializando a instalação do Grupo de Trabalho aconteça no início de novembro. “É preciso que se tenha uma política de bibliotecas para Natal e a nossa proposta é de que o município tenha pelo menos uma biblioteca em cada região administrativa”, conclui a diretora executiva do IDE, acrescentando que o cenário atual é bastante positivo.

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP