Crise cultural brasileira é profunda

Por Maurício Caleiro

O artigo de Mino Carta com o autoexplicativo título de “A imbecilização do Brasil” continua provocando muita polêmica. Nele, o veterano jornalista diagnostica que “Os derradeiros, notáveis intérpretes da cultura brasileira já passaram dos 60 anos, quando não dos 70” e que o país não mais produz espécimes culturais do quilate de Guimarães Rosa, Faoro, Portinari – e, poderíamos acrescentar, de Chico Buarque, Tom Jobim, Paulo Emílio Salles Gomes.

aqui

Comments

There are 2 comments for this article
  1. Lívio Oliveira
    Lívio Oliveira 8 de Fevereiro de 2013 13:51

    Pode-se não concordar com o que disse Mino Carta, mas que provocou uma senhora (e imprescindível) reflexão… ah! isso provocou!

  2. Anchieta Rolim 8 de Fevereiro de 2013 15:52

    Achei legal isso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP