“Cruel é o sol negro”, de Victor H. Azevedo

Após ver «The Eclipse Of The Sunflower»,

de Paul Nash

 

 

Cruel é o sol negro —

flamejante cabeça de flor

de cabelos fulvos —

 

— que descortina

o púrpura da bruma

 

e eclipsa

sobre os escombros do lírio —

 

lírio imóvel,

que ainda gira,

descrente

 

de sua própria morte.

Poeta, pesquisador e tradutor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Jaime Botelho 13 de janeiro de 2021 23:21

    Poema digno das melhores antologias da AAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo