Cultura popular desperdiçada

Já disse aqui da minha excelente impressão a respeito da organização e das estratégias de comunicação e divulgação de Natal durante a Copa, junto aos jornalistas nacionais e internacionais que estacionarão por aqui. Amanhã mesmo terá nova reunião, desta vez com secretários de turismo dos municípios até 100 km distantes. De cá, tenho ressaltado a importância na promoção dos novos valores mais genuínos. E julgo o Caboclinhos de Ceará-Mirim, e Chegança e Fandango de Canguaretama, e o Araruna de Natal, originalíssimos. Mas se acessa o Portal da Copa, clica nas dicas de cultura de Natal e nada disso aparece (AQUI). Uma pena

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + dois =

ao topo