Curta Nordestino começa nesta terça

Uma nova geração de curtas-metragens potiguares poderá ser vista pelo público na 5ª edição da Mostra do Curta Nordestino – evento competitivo que abre nesta terça-feira e prossegue até quinta.

Entre os potiguares na competição está o documentário “Capoeiras dos Negros, a terra que o tempo esqueceu”, do diretor e fotógrafo Carlos Tourinho e do roteirista Geraldo Cavalcante. Também estão “A Gente se ri”, de Rita Machado (com trilha sonora de Luiz Lima – o saudoso Lola); “Márcia:… eu esperava tudo, menos a rua…”, de Jurandyr França com trilha sonora inspirada no Cd ‘Toques e Cantares’ do Nação Potiguar, Carlos Zens e Ismael Alves; e por fim o curta “Vivo”, de Bernardo Luiz e Camila Robéria.

Este ano, a cena alagoana marca presença com sete curtas-metragens seguida de Pernambuco com participação de três vídeos e Ceará com dois vídeos selecionados. A mostra será exibida no Auditório do Sebrae, em Lagoa Nova, em sessão das 18h, com entrada franca.

Serviço:Filmes da V Mostra do Curta Nordestino – Festnatal 2009. De terça a quinta-feira. Local: Auditório do SEBRAE, Av: Lima e Silva n° 76, Lagoa Nova. Sessão única. 18h. Entrada Franca.

Comentários

Seja o primeiro a comentar
  1. Civone Medeiros 4 de agosto de 2009 18:22

    Olá Sérgio! Faço parte do elenco de “Capoeiras dos Negros, a terra que o tempo esqueceu” e gostaria de lembrar, que esta foi a última produção que teve a ilustre participação especial do grande ator LENÍCIO QUEIROGA… Bom momento para uma homenagem…

    Abraços,

    c.m

  2. Adriana Amorim 3 de agosto de 2009 18:31

    Já eu acho que o RN ainda longe de ter uma produção audiovisual satisfatória. Falta conhecimento técnico, ou seja, leitura, estudo, referências e dedicação!

  3. Raíssa 3 de agosto de 2009 10:37

    Não sou crítico de cinema, mas sou conhecedor de gente boa.Carlos Tourinho é um craque de cinema e de caráter. Sem chêro com x ou ch receba o abraço de françois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo