CURTINHAS: MPBeco, volta do TAM, Lei CC, Arte Negra, Saga, e mais

****************** Após um ano suspenso por falta de verba, e com a boa nova este ano da aprovação no edital da Unimed, o Festival MPBeco ainda carece de verba para voltar à cena. Os organizadores ainda buscam mais um patrocínio de peso para garantir a nona edição do evento. Mesmo em tempos de crise, acredito no potencial de um festival de música que, ao contrário de outros como o Mada e o Dosol, não cobra ingresso e, aliado a nomes de peso do cenário nacional e à promoção de talentos locais, aglomera milhares de pessoas de todas as tribos em um grandioso palco montado no Centro Histórico. A foto acima, de Alex Gurgel, diz muito. Sorte ao MPBeco!

****************** As obras de restauração do Teatro Alberto Maranhão e da Escola de Dança do TAM têm prazo para início em 30 dias. A abertura do processo de licitação acontece nos próximos dias, após esbarrar em uma “ressalva” na Procuradoria Geral do Estado. O processo licitatório será mais ágil, posto que feito pelo sistema do projeto RN Sustentável, que vai bancar o serviço. O orçamento previsto é de R$ 7,5 milhões. Matéria detalhada sai em breve. E cá pra nós: fosse esperar o PAC Cidades Históricas, hein?

13502077_1155528577842624_1073914157558272221_n****************** Na última terça, duas dezenas de crianças e adolescentes se apresentaram no TCP Chico Daniel. A maioria em formação de canto, mas alguns talentos prontos. Entre todos, destacaria um. Não foi a melhor voz. Não foi a melhor desenvoltura. Não foi nem de perto quem mais recebeu aplausos ou chamou mais atenção. Mas achei a voz, a interpretação e, sobretudo, o estilo e até a estética do Wesney Raposo, bem diferenciados. Uma música do Ed Sheeram tristíssima, para um voz muito grave e um jeitão introspecto. Muito, muito bom mesmo! Na foto ao lado, ele é o mais alto, no meio.

****************** O Saga Entretenimento, já com 15 edições no currículo e hoje um dos maiores eventos de cultura pop do Nordeste, apresenta novidade massa para o evento de 15 e 16 de outubro, no Arena das Dunas. As palestras serão todas transmitidas ao vivo por um canal na internet. Na última edição, pasmem, foram mais de 7,2 mil pessoas. Um mega evento que estranhamente ainda passa despercebido na mídia e também pelo empresariado. Um público altamente consumista, jovem, formador de opinião e que permanece 20 horas no fim de semana do evento.

****************** A Funcarte publicou ontem no Diário Oficial uma chamada pública para ações culturais voltadas à proteção e diversidade da cultura negra. Serão R$ 22 mil distribuídos nas áreas de Dança, Música e Artes Visuais. Uma ideia massa e sem divulgação. Vai entender. E corram. As inscrições seguem apenas até dia 10 de julho.

****************** A crise financeira bilionária da operadora Oi não afetará projetos culturais cujos patrocínios já estavam confirmados, entre eles, o Festival Mada e o Fest Bossa & Jazz (edições Natal e Pipa), ambos também com a parceria da Cosern.

****************** Lei Câmara Cascudo aprovou seis projetos nas últimas duas semanas: Festival de Cultura Pop Saga (R$ 492 mil), Festival Gastronômico de Pipa (R$ 250,8 mil), Festival Gastronômico de Baía Formosa (R$ 231,5 mil), Festival de Teatro da UERN (R$ 265,7 mil), Misturando as Poesias no Oeste Potiguar (R$ 196,5 mil), Projeto de Restauração da Associação Cultural e Esportiva Universitária (R$ 1.329 milhão). E reprovou os projetos Banda Detroit e Revista Cultural Natal 415 Anos. Primeira etapa de inscrições se encerra nesta sexta. A segunda será reiniciada no período 15 de agosto até 15 de outubro.

****************** Pela Lei municipal Djalma Maranhão, foram aprovados a redução de valor dos projetos Festival de Quadrilhas de Natal, Circuito Cultural e Gastronômico de Natal e Feira de Artes de Petrópolis.

****************** Olhem só que blog mais fofuxo, esse Amabilices. Aliás, esse “jornalismo de viagens” – chamemos assim – é das poucas categorias que têm se mantido com boas reportagens e textos. De resto, sobram produtos de assessorados, trivialidades esportivas e agenda política.

****************** Vou fechar esses Curtinhas sempre com um “Abraço plural”. E para inaugurar, a figura querida do diretor do Teatro Municipal Dix-Huit Rosado, em Mossoró, Chico Window. Se não fosse competente não permaneceria 12 anos à frente no posto.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo