Da Carta Aberta

Da Carta Aberta:

Entendo perfeitamente o manifesto dos fazedores de artes cênicas e outras atividades igualmente importantes do fazer artístico/ cultural. A arte precisa ser valorizada na sua totalidade. Percebo, percebemos uma valorização do dedilhar literário em detrimento de outras artes. A literatura tem sido a prima-dona da arte em detrimento de outros campos do fazer cultural, científico e artístico. Os artistas plásticos cansaram de ser coadjuvantes dos escritores e não desejam apenas ilustrar seis textos. O teatro precisa ser encenado para existir. A pintura precisa de mais galerias para acontecer. Todos os ramos do fazer artístico, científico e humano nas mais diferentes modalidades são expressões artísticas que precisam – igualmente – ser valorizados. Todas as artes estão relacionadas. Todas as manifestações são expressões de uma busca por uma transcendência para alem de uma vida tão pequena e tacanha.

Assino em baixo a “Carta Aberta”

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo