Da Jabulani a Vuvuzela

Espanha versus Holanda
Final da Copa 2010

Terminou a copa da Jabulani e o Brasil alaranjou. Perdeu para a Laranja Mecânica e não empolgou mesmo quando venceu. Do gol de mão do Luis Fabiano ao frango sofrido pelo maior goleiro do mundo o Brasil não convenceu e o teimoso Dunga, menos ainda.

A bola é o maior brinquedo do homem e na África do Sul ela fez sucesso. Era uma bola diferente com menos gomos e de efeitos dependendo de como era batida. Suas curvas torqueadas enganavam e muitos goleiros sofreram frangos ou foram culpados da maldição da jabulani.

A vuvuzela ensurdecia, o gramado não ajudava e a copa não revelou nenhum craque. O final da copa foi um jogo feio com muitas faltas e cartões amarelos. Jogo de pé no peito arbitrado por um juiz fraco. Longe daquele futebol de 1974 quando a Holanda encantou o mundo. Saudades do time do Brasil de 1982, mesmo sem ganhar o título mundial.

Deixando o futebol passo a falar da história. Os dois países que disputavam a final da copa da África do Sul possuem uma relação muito forte com o Brasil. A Holanda invadiu o Brasil por trinta anos no século XVII.
Portugal foi anexado à Espanha em 1580 e durante sessenta anos o Brasil foi governado pela Espanha. Os três Felipes foram reis do Brasil. O grande Felipe II foi o primeiro rei do Brasil, sucedendo o seu sobrinho Dom Sebastião de Portugal.

Retornando ao futebol, só para chatear. Lembro da copa do mundo de 1950 de Zizinho, Barbosa, Bauer e o grande maestro Ademir da Guia (artilheiro da Copa) vencendo de 6 a 1 a Espanha. O Maracanã inteiro cantou “Touradas de Madrid” do grande Braguinha e Alberto Ribeiro.
O final dessa copa foi melancólico com Brasil perdendo para o Uruguai por dois a um e um silencio sepulcral foi doido.

Touradas em Madrid / Alberto Ribeiro / Braguinha

Eu fui as touradas em Madri
Para tim bum, bum, bum
Para tim bum, bum, bum
E quase não volto mais aqui
Para ver Peri beijar Ceci
Para tim bum, bum, bum
Para tim bum, bum, bum
Eu conheci uma espanhola natural da Catalunha
Queria que eu tocasse castanhola
E pegasse o touro à unha
Caramba, caracoles, sou do samba
Não me amoles
Pro Brasil eu vou fugir
Que é isso é conversa mole para boi dormir
Para tim bum, bum, bum
Para tim bum, bum, bum

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − quatro =

ao topo