Da Noilde Ramalho – uma grande educadora

Aos noventa anos faleceu Da Noilde Ramalho. Diretora da pioneira Escola Doméstica (ED) de Natal. Escola que formou gerações e teve na professora Noilde um exemplo de dedicação e amor ao ensino. Da. Noilde fazia um cruzeiro quando do seu falecimento.

Da. Noilde nasceu em Nova Cruz (RN) e sua família era oriunda da Paraíba. Natal, que a recebeu, hoje chora o seu sepultamento. Um sepultamento de gala como Noilde merece. Todos de branco no seu enterro para lembrar uma farda que ele ajudou a respeitar e amar.

No próximo ano é comemorado o centenário da Liga de Ensino do Rio Grande do Norte. Em 2014, a famosa Escola Doméstica completa cem anos. Escola cuja inspiração e modelo foi a Ecole Ménagère de Fribourg, na Suíça. Modelo trazido para Natal pelo ilustre poeta e escritor Henrique Castriciano. A Escola Domestica é um grande patrimônio do estado do Rio Grande do Norte e, no seu salão nobre, foram recepcionadas grandes personalidades da cultura, política e educação do Brasil e exterior.

Dona Noilde não casou e gerou filhos, mas deixou um grande legado cultural para o nosso estado. Assim como aprendemos a gostar daquela farda branca, aprendemos a admirar a elegância daquela bela mulher dedicada integralmente ao ensino fazendo da sua vida um hino de amor á educação.

Não é só material o grande legado que Da Noilde deixa com a Escola Doméstica. Noilde deixa – sobretudo- um grande legado moral, ético e de seriedade. Uma mulher sempre feliz com a vida inspirou a todos nós que trabalhamos com educação. O nosso colega Daladier Pessoa da Cunha Lima lhe dedicou um belo livro; “Uma história de Amor á Educação”. E todos nós a reverenciamos nesse dia em que Noilde nos deixa materialmente, para ficar eternamente gravado em cada farda, em cada sala de aula, em cada gesto de um aluno, o amor que Noilde nos ensinou em quase um século de existência profícua em prol da educação. Descanse em paz minha querida amiga.

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 1 =

ao topo