A dança e seus enigmas

Espetáculo Teresinhas

Por Tácito Costa

Somente nos últimos três anos, após Denise, que já dançou e é apaixonada por dança, comecei a acompanhar os espetáculos em Natal. Não entendo muita coisa, a dança contemporânea continua um enigma pra mim. Mas estou lá na platéia, achando tudo muito lindo, algumas vezes sublime e encantado.

Como disse Denise, não é preciso entender, mas sentir. O que me faz pensar que ela sente demais e eu de menos – rs. Não me conformo muito com isso, mas não tenho alternativa.

Meu desconforto fica mais evidente quando leio as sinopses contidas nas folheteria e folder dos espetáculos. As pessoas que escrevem essas sinopses veem tanto e tão longe que deixam-me desconfiado e constrangido. Enxergam concretudes onde encontro abstração.

É provável que essa relativa dificuldade de apreensão tenha a ver com a descoberta recente da dança. Minha vida sempre girou em tornos do cinema e da literatura. Nessas duas artes ainda arrisco um ou outro palpite. Na dança, ainda terei muita estrada pra rodar até conseguir emitir algum juízo com relativa segurança e consistência.

No último final de semana assisti no Teatro Alberto Maranhão dois belos espetáculos no Encontro Internacional de Dança Contemporânea 2015, organizado pela competente Diana Fontes. “Teresinhas”, do Grupo Meme (RS), e “Saudade de Mim”, da Focus Cia de Dança (RJ).

“Teresinhas” apresenta uma mulher em diferentes fases da vida. Inspirada em relatos da mãe do diretor Paulo Guimarães e poemas de Vinícius de Moraes. Conta com trilha sonora – executada em tempo real – de Tiago Rinaldi, ao violão, por sinal um cantor muito bom.

saudade

Espetáculo Saudade de Mim

Já “Saudade de Mim”, que tem direção e coreografia de Alex Neoral, trabalha em cima das obras de Chico Buarque e Candido Portinari. No ano passado, a companhia trouxe ao encontro “As canções que você dançou pra mim”, com músicas de Roberto Carlos.

Dois espetáculos lindos demais e bastante aplaudidos. Percebe-se que a plateia é formada por gente da área. Nesse período em que acompanho esses espetáculos tenho notado isso. Raramente encontro alguém conhecido, o que é uma pena porque, pelo menos no caso do Encontro Internacional, são coreografias excelentes.

Obrigado e parabéns Diana.

Saquem aí links para as duas coreografias.
Saudade de Mim: http://www.focusciadedanca.com/#!page2/cjg9
Teresinhas: https://www.youtube.com/watch?v=wCNbd67zrwE

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 9 =

ao topo