Danem-se os críticos

Li por ali e aculá que o filme Avatar era ruim e ponto final. Fui hoje ao cinema conferir se tal afirmação era verdadeira e felizmente encontrei o que esperava: belíssimos efeitos especiais, sonoplastia perfeita, uma história clichê mas bem contada, e uma pitada de drama (afinal é o diretor de Titanic). Não esperava grandes atuações nem enredos brilhantes, sabia que não era um filme de Cannes, e sim para a grande massa. Mas e dai? O filme me emocionou, eletrizou e satisfez. Os críticos com suas viseiras de burro que se danem. Recomendo.

ao topo