Darcy Ribeiro discursa no enterro de Glauber Rocha

Dica do cineasta Buca Dantas, no Facebook.

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem
  1. Anchieta Rolim 28 de novembro de 2011 12:00

    Caro Jairo,quem compôs esse trecho que se escuta no video foi ou não Villa Lobos? Não me referi diretamente aos arranjos( do desconhecido) porque como você mesmo falou não foi citado no vídeo. Sei que a Bachiana em questão não está sendo tocado com os arranjos originais de Villa Lobos, já que eu as tenho e sempre as ouço. No mais tudo bem. Valeu!!!

  2. Jairo llima 28 de novembro de 2011 10:17

    Volto a insistir, moçada: o que se ouve não é nem de longe, a quinta bachiana de Vilas Lobo, mas uma interessante composição de um autor não nomeado, a partir de um tema de Vila.
    O tema,na música, como nas artes plásticas e na literatura, é um elemento composicional que não participa do manifesto artístico enquanto definidor do traço autoral, senão como instância de socialização que se oferece à outros olhares, saberes e percepções artísticas creditando o autor do arranjo e não do tema.
    A Crucificação de Caravaggio e a de Salvador Dali, por exemplo, são objetos de arte de marcaçáo autoral claramente diferenciada, embora partilhem o núcleo temático. Valeu, galera.

  3. Anchieta Rolim 28 de novembro de 2011 8:42

    A quinta Bachiana de Villa Lobos, o desabafo de Glauber Rocha e o discurso emocionado de Darcy Ribeiro. São Homens como esses que me fazem sentir orgulho de ser brasileiro. Valeu Buca… Maaassa!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo