De Elio Gapari

EREMILDO, O IDIOTA

Eremildo é um idiota e acompanhou o julgamento da censura imposta ao “O Estado de S. Paulo” pelo empreendedor Fernando Sarney. Pela sua lembrança, o Supremo Tribunal tomou uma decisão que resultou, por seis votos a três, na permanência da mordaça.

Na sexta-feira o cretino soube que Fernando Sarney retirou a ação contra o jornal porque achou que seu gesto foi interpretado como uma tentativa de “restringir a liberdade de imprensa”.

Como Eremildo é idiota, acreditou. Ele concluiu que Fernando Sarney tornou-se um defensor da liberdade de imprensa, deixando ao Supremo o papel de preservador da censura. (FSP)

ao topo