De quem é a culpa?!

O buraco na rua é culpa da Prefeitura, diz o Estado. A lagoa poluída é culpa do Estado, diz a Prefeitura. A insegurança nas ruas é culpa do governo estadual, diz o governo federal. A violência generalizada é culpa do governo federal, diz o governo estadual.

Apagão energético é culpa do governo federal, dizem os Estados. A falta de planejamento energético é culpa dos Estados, diz o governo federal. A falta de água no Sudeste é culpa do PSDB, diz o PT. A falta de água no Nordeste é culpa do PT, diz o PSDB.

O número incontável de homicídios é culpa da Polícia Militar, diz a Polícia Civil. A impunidade é culpa da Polícia Civil, diz a Polícia Militar. A insegurança é culpa das duas polícias, diz o Ministério Público. A falta de inquéritos para punir homicidas é culpa do Ministério Público, dizem as duas polícias.

A soltura do bandido perigoso é culpa da Justiça, diz o Ministério Público. A soltura do bandido perigoso é culpa do inquérito mal feito, diz a Justiça. A soltura do bandido perigoso é culpa da lei mal feita pelo Legislativo, diz o Executivo. A soltura do bandido perigoso é culpa do Executivo, que não aparelha o sistema repressivo, diz o Legislativo.

Segurança é um problema dos Estados, diz o Governo Federal. Segurança é dever do Estado Federal, dizem os Estados. Insegurança é culpa da população, dizem as autoridades. Insegurança é falta de autoridades, diz a população. A insegurança se abastece na impunidade, diz a mídia. A mídia se abastece da insegurança para faturar audiência, dizem as autoridades.

A culpa das estradas abandonadas e mal cuidadas é da União, diz o governo estadual. A culpa das estradas abandonadas e mal cuidadas é do governo estadual, diz a União. A culpa dos acidentes nas estradas esburacadas é dos motoristas, diz a Polícia Rodoviária. A culpa dos acidentes nas estradas abandonadas é da Polícia Rodoviária, dizem os motoristas.

A culpa dos hospitais mal cuidados e sujos é dos médicos e servidores da saúde, diz o governo. A culpa dos hospitais abandonados e sucateados é do governo, dizem os médicos e servidores da saúde.

A culpa da falência da Educação Pública é do governo, dizem os educadores. A culpa da falta de educação pública é da ganância da educação privada, diz o governo. A culpa da deseducação pública é do despreparo dos professores, dizem os pais de alunos. A culpa da depredação das escolas é dos alunos mal educados pelos pais, dizem os professores.

A culpa é de quem? Nossa. Do preço do nosso civismo. Das manifestações de Junho, por vinte centavos. Cessado o aumento, morreu a beleza do movimento.

Valentia no varejo, covardia no atacado! País hipertenso, empanzinado de pré-sal. Pré-povo. Pré-dignidade. Pré-pago. Uma pátria longe do pós.

Pré-democracia, pós-demagogia. O Brasil não faz reforma, faz curativo. Revolução do Peter-pan, no tempo do nada. Té mais.

Ex-Presidente da Fundação José Augusto. Jornalista. Escritor. Escreveu, entre outros, A Pátria não é Ninguém, As alças de Agave, Remanso da Piracema e Esmeralda – crime no santuário do Lima. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo