De volta ao RN colonial

Pé na Estrada Trilhas promove visita a antigos engenhos do Estado

O período colonial, época dos ricos senhores de engenho de açúcar e da casa-grande e senzala, ficou bem para trás, mas na paisagem rural do Rio Grande do Norte ainda é possível ver sinais daquele tempo. Uma boa oportunidade de conhecer um pouco dessa história, que remonta aos séculos XVI, XVII, XVIII e início do XIX, é o roteiro RN Colonial, que a empresa Pé na Estrada Trilhas promove no próximo domingo, 13 de setembro.

O passeio contempla visitas ao Engenho Ferreiro Torto (Macaíba), Engenho Cunhaú (Canguaretama) e Engenho Bom Jardim (Goianinha), e ainda a monumentos históricos do município de Vila Flor, que teve origem no século XVI, quando ali foi implantada a aldeia de Gramació.

Quem for ao passeio, vai ter a oportunidade de tomar um delicioso café regional na casa-grande do Engenho Bom Jardim, do início do século XIX, e conhecer seu mobiliário português. O local, onde em 1928 o modernista Mário de Andrade se hospedou por dez dias e conheceu o coquista Chico Antônio, que à época era um dos empregados da fazenda, transformou-se, há algum tempo, em um dos principais atrativos do turismo cultural e histórico do RN.

Construção típica do período colonial, a casa é mantida por descendentes da família Araújo Lima, dona da propriedade. O mobiliário reúne peças que pertenceram a diferentes gerações de moradores, entre cristaleiras, escrivaninhas, mesa, espreguiçadeira, camas, espelho, oratório, piano e curiosidades como as cuspideiras. A cozinha antiga da casa ainda conserva o fogão de lenha, feito de barro e revestido de tijolos, onde algumas comidas são preparadas. As janelas e portas contam com suas grandes fechaduras originais de ferro.

A Pé na Estrada Trilhas é uma empresa que atua há vários anos no ramo de esportes radicais e de aventura, trilhas ecológicas e vivências em ambientes naturais.

SERVIÇO | Roteiro RN Colonial do Pé na Estrada Trilhas

>> Engenho Ferreiro Torto (Macaíba), Engenho Cunhaú (Canguaretama), Engenho Bom Jardim (Goianinha) e Vila Flor

SAÍDA: 13 de setembro

INCLUÍDO NO PASSEIO: Transporte, seguro, visitas, café da manhã colonial no Bom Jardim, trilha, balsa em Cunhaú e guias credenciados.

INVESTIMENTO: R$ 125,00 – uma pessoa e R$ 210,00 – duas pessoas

INFORMAÇÕES E RESERVAS: contato@penaestradatrilhas.com | (84) 99945.5701, 98804.6505 | www.penaestradatrilhas.com/rncolonial.html

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo