“Descontinuidade Administrativa”

Por Luiz Penha

A frase acima foi pronunciada porJosé Cortez Pereira de Araújo, governador do RN na década de 70, e que deixou marcas administrativas ainda presentes, como as Vilas Assis Chateaubriand e Vila Assis, no município de Touros, como exemplos de projetos em benefício da agricultura familiar. A frase que Cortez Pereira pronunciou em um determinado período da conjuntura sócio-econômica potiguar, se adequa a crise que hoje enfrenta a cultura do RN, de um modo geral, vítima da apatia e insensibilidade dos gestores.

ao topo