Dilma e o autoritarismo machista

“Até mesmo feministas distraídas têm caído no lenga-lenga que apregoa o autoritarismo de Dilma, como se desconhecessem que uma das mais antigas e renitentes reações patriarcais à emergência do poder feminino é instituir uma dupla inquisição, baseada em estereótipos sexistas: se suave e delicada, a mulher seria incapaz de exercer o poder, por frágil e incapaz de se impor; se aguerrida e impositiva, seria agressiva, inábil – numa palavra: marimacho”. Mauricio Caleiro

aqui

ao topo