Dimas Carlos presta contas e o blog sugere homenagem

Quando o professor Roosevelt Pimenta morreu, deixou uma lacuna irreparável. Mas o ator, diretor e coreógrafo Dimas Carlos já merece seus louros após mais de 30 anos de dedicação à dança. Embora celeiro de tantos destaques na dança nacional e mundial, Natal pouco se volta a este segmento, e essa atenção com a formação de tantos alunos-bailarinos passa incólume pela mídia ou pela vida. Roosevelt morreu à míngua. Dimas está ativo como nunca; basta ler a prestação de contas de suas atividades à frente da chefia do núcleo de dança da Funcarte AQUI. Mas seria oportuno uma bela homenagem em vida, bem antecipada, para dar tempo de curtir e ver tanto esforço reconhecido. Se a Escola de Ballet Municipal leva o nome de Roosevelt Pimenta, por que não Núcleo de Dança Dimas Carlos?

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo