Direitos Já

“Preconceitos são parte da nossa humanidade. Submeter-se a eles é apenas uma das nossas piores fraquezas. Superá-los é uma prova da nossa capacidade de sermos maiores do que nós mesmos”.

aqui

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Tânia Costa 30 de abril de 2010 16:25

    Extremamente lúcido e pertinente. O autor demonstra conhecer de forma desmistificada a história, isto é, a ideologia subjacente aos textos e fatos históricos. A igreja sempre representou uma parcela do poder com poucas exceções. Com certeza divulgarei para outros e outras.

  2. Marcos Silva 30 de abril de 2010 11:53

    Marcelo:

    Seu texto é comovente e bonito. Como se não bastasse tudo que vc fala sobre o tema central, ainda evoca Mark Twain e a capacidade humana de ser solidário. Uau!
    Abraços:

    Marcos Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo