Do bolso do meu paletó alheio

Por Jarbas Martins

L’étoile a pleuré rose au coeur de tes oreilles
Arthur Rimbaud

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo