Domingo tem lançamento do videoclipe “Dona Militana”

No próximo domingo (30), às 18h, um dos ícones da cultura popular brasileira ganhará uma homenagem para encher de orgulho os norte-riograndenses. Na voz de Nara Costa e Carlos Zens, “Dona Miitana”, cuja letra e música é do grande Tico da Costa (1951-2009), estreará no canal da Praieira Filmes e da Tico da Costa Produções. Gravado em São Gonçalo do Amarante, terra natal da romanceira, o vídeo tem direção de Carito Cavalcanti e produções executiva de Sara Fracchia e musical, de Eduardo Taufic.

Segundo Carito, “uma subversão de gênero”, com a proposta de trazer particularidades de clipes de rock progressivo e hard rock para o centro da cultura popular, em uma simbiose de conceitos que expande nossa percepção sobre a obra da romanceira.

“Fizemos uma subversão de gênero, com um conceito híbrido, em que no meio do videoclipe ele é invadido por um espírito de um minidocumentário, em 1min com imagens de Dona Militana, pois existem pouquíssimas imagens dela disponível. Conseguimos essas imagens com um documentário de um pessoal de São Paulo, que eu e Sara entramos em contato. As imagens de Dona Militana foram extraídas do documentário “Dona Militana – A Romanceira dos Oiteiros” (Direção de Hermes Leal – HL Filmes). O vídeo é também inspirado no intimismo e explosão de bandas que a gente gosta, como Led Zeppelin, Nirvana, tem muito a ver com a atmosfera de trabalhos de rock progressivo. A música é popular, mas o conceito cinematográfico, a linguagem do vídeo foi meio que inspirado nisso também”.

Um timaço de músicos se juntou para recriar um novo ‘ambiente’ para o tema do areiabranquense Tico da Costa. “Dudu Tauffic fez uma versão da música de Dona Militana especialmente para o vídeo. Ele criou uma atmosfera já sabendo que eu ia inserir alguns trechos. Só que depois que eu escolhi esses trechos, que vimos que seria Dona Militana cantando, pois eu não sabia se seria uma entrevista, um depoimento dela, Dudu refez a atmosfera para dialogar melhor com esses trechos, incorporou esses trechos, deu uma tratada no som. Então virou um produto híbrido”.

O colorido do gramado e das roupas de Carlos Zens e Nara Costa precisavam de um contraste na narrativa audiovisual proposta no clipe, o que surgiu naturalmente para o diretor. “Quando comecei o processo, tinha ideia do que fazer, mas comecei organicamente. Quando soube que eles iam gravar eu já fui para o estúdio filmá-los já sem saber se iria aproveitar isso ou não. Já na pós-edição, eu e Justino Neto, que também fez a fotografia comigo, decidimos trabalhar algumas imagens na cor sépia, por acharmos que ela representa bem a memória, além de ser artisticamente uma cor muito bonita e ter um contraste com as cores vivas dos figurinos dos cantores e da própria natureza de São Gonçalo do Amarante”.

O videoclipe “Dona Militana” é patrocinado pela Lei Aldir Blanc, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo