Doze anos de ênfase e redundância

Por José Geraldo Couto

Ao que parece, 12 anos de escravidão é um filme importante, necessário, incontornável. De acordo com historiadores norte-americanos ouvidos pela Folha de S. Paulo…

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo