“É Proibido Fumar” fica com Oscar tupiniquim

Além da vitória na categoria melhor longa de ficção, Ana Muylaert levou também o troféu de melhor diretora.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − sete =

ao topo