ECO PRAÇA deste fim de semana está CANCELADO!

COMUNICADO DA ECO PRAÇA, DIVULGADO NESTA SEXTA-FEIRA

É com muita tristeza e indignação que o Eco Praça informa que a edição Sororidade, que seria realizada neste fim de semana, no Parque Capim Macio, será CANCELADA. O motivo é falta de apoio e interesse de várias esferas do poder público na concessão da estrutura necessária para realização do projeto. Infelizmente essa indiferença do poder público é uma constante desde o início da realização do Eco Praça, em dezembro em 2013. Além disso, apesar do projeto ter sido premiado várias vezes e ter sido aprovado nas Leis de Incentivo Municipal e Estadual também não conseguimos patrocínio da iniciativa privada, com isso acumulamos uma dívida de mais de R$ 30.000. Trabalhamos pelo direito que temos a uma cidade pensada para as pessoas, pela ressifignicação dos espaços públicos, e principalmente para revitalizar as praças da cidade, só que precisamos de apoio.

Pedimos desculpas ao público, artistas, expositores, oficineiros, palestrantes e todos os envolvidos na realização do Eco Praça pelo transtorno. Pedimos a compreensão e o apoio de todos para que possamos reforçar a construção de uma cidade que queremos e continuaremos trabalhando para a criação de um espaço que proporcione cidadania, educação, cultura e lazer para a população de forma gratuita. #ResisteEcoPraça

O primeiro Eco Praça de 2016 acontece no próximo domingo (06/03), no Parque Capim Macio, e por sua proximidade com o Dia Internacional da Mulher, terá uma programação recheada de vivências e atrações que envolvem o universo feminino e como tema: Sororidade. Um termo ainda desconhecido por algumas pessoas, mas que é carregado de significado para o movimento feminista e para as mulheres. O tema terá uma roda de bate-papo às 14h.

Mas afinal o que é Sororidade? É individualmente reconhecer-se como mulher, mas também ser capaz de ver também na sua amiga/namorada/colega/conhecida/desconhecida uma mulher. Que ambas possuem desafios diários que se assemelham por serem todas vítimas de uma sociedade que diz o que as mulheres podem ou não fazer. É o senso de companheirismo entre as mulheres que lutam as mesmas batalhas diariamente e que são mais fortes unidas na hora de lutarem pelo direito de dizer: “eu vou” e “eu posso”.

As atividades começam no sábado (05/03) com mutirão de limpeza do parque e a montagem da estrutura do evento, a partir das 9h. Já no domingo a programação começa, a partir das 8h30, com uma tenda da saúde e um café da manhã coletivo. A manhã continua com Aula de Ioga da instrutora Alana Reis, Oficina de Sling (tecido usado acomoda o bebê junto ao corpo da mãe ou pai) com a babywearing e doula Maíra Ramos/Ventre Luz, bate-papos sobre Sexo na Terceira Idade e sobre Humanização no Parto (Associação Potiguar de Doulas), Mitos e verdades sobre o Coletor Menstrual e uma conversa sobre os Direitos Sexuais Reprodutivos das Mulheres com Cláudia Gazola, do Coletivo Leila Diniz. Pela manhã também teremos o 1º Amistoso de Futebol Feminino, troca de mudas por abraços organizada pelo grupo Viveiro de Mudas e Aula de Defesa Pessoal para Mulheres com a Escola Pakua.

A tarde começa com discotecagem e microfone aberto para quem quiser fazer uma intervenção. Às 12h30 acontece o Transforme-se em Frida, organizado Transforme-se, projeto que atua na ressocialização das internas do Complexo Penal João Chaves, e que vai literalmente transformar todos em Frida, numa clara homenagem a uma mulher que viveu à frente do seu tempo – Frida Kahlo. Em seguida será apresentado o Recital Entre Seios, do Iapois Poesia, uma Oficina de Maquiagem com a maquiadora Olga Oliveira e de Turbante com Silvinha Alves, do Coletivo Pixaim.

Às 14h, teremos uma exibição de Arquearia com a Escola de Pakua. Depois as lojas Quíris e Kiss Kiss Bang Bang apresentam um desfile com a coleção Yabás, da estilista por Taynah Quirino, que saúda o sagrado feminino no candomblé. A grife Kaluanah Praia, de Natália Pipino, também apresenta uma coleção moda praia.

O final da tarde fica por conta da discotecagem de Minerva Bardo DelDiablo, da ciranda “Mulheres Sábias” com Isis de Castro, da performance de Rivka Bardo Kippur, de uma apresentação da Companhia Shaman Tribal, que promete ser a mais linda peça do seu repertório de dança étnica contemporânea, valorizando a força e a união feminina, de Beyoncé Diva Cover e show com a banda Marinna & Faya Soul.

No decorrer do dia também teremos atividades paralelas como a Feira de Economia Criativa, Slackline Mulheres na Fita, Tecido Aéreo Acrobático e exposição ArteAção Ameasmulheres da artista plástica Civone Medeiros.

Sobre o Eco Praça
O projeto Eco Praça é um movimento sociocultural de ocupação e ressignificação criativa de praças e espaços públicos sob a perspectiva de ações colaborativas que englobam arte e cultura, lazer, economia solidária e criativa, educação ambiental, esporte e qualidade de vida, com intervenções lúdicas, promovendo a conscientização socioambiental e transformação desses espaços.

O Eco Praça incorpora em seu conceito diversas experiências culturais atreladas a discussões relacionadas ao direito à cidade, com o objetivo de despertar na população participante o interesse pela gestão comunitária dos espaços públicos.

A ação é idealizada e promovida pelo Instituto Ancestral, organização social autônoma e popular que desenvolve ações afirmativas de caráter cultural, político e eco pedagógico com o objetivo de promover e difundir habilidades para alcançar um modo de vida sustentável.

Serviço:
Eco Praça Sororidade
06/03 – 08h30 às 18h30
Parque Capim Macio (por trás do Extra da Av. Eng. Roberto Freire)

PROGRAMAÇÃO ECO PRAÇA SORORIDADE

05/03 – 9h
MUTIRÃO DE LIMPEZA DA PRAÇA
MONTAGEM DE ESTRUTURA

06/03
MANHÃ
08h30 – Solenidade de Abertura com Civone Medeiros
– Tenda da Saúde
– Café da manhã
08h40 – Ioga com Alana Reis
– Oficina Sobre o Uso do Sling e Humanização do Parto com Maíra Ramos (Ventre Luz) e Associação Potiguar de Doulas
09h30 – Sexo na terceira idade – Bethânia
10h – Pela Vida das Mulheres: Conversando Sobre os Direitos Sexuais Reprodutivos das Mulheres. Roda de Conversa com Cláudia Gazola (Coletivo Leila Diniz)
– Futebol Feminino
– Mudas por Abraços – Ação Ambiental: Grupo Viveiro de Mudas
– Feira de Economia Criativa
10h30 – Aula de Defesa Pessoal para Mulheres – Escola Pakua/RN
11h – Mitos e Verdades sobre o Coletor Menstrual

TARDE
12h – Discotecagem e Microfone aberto
12h30 – Transforme-se em Frida – Projeto Transforme-se
13h – Recital “ENTRE SEIOS” Iapois Poesia
– Oficina de Maquiagem para Iniciantes com Olga Oliveira
– Meninas Também Jogam
– Slackline Mulheres na Fita
– Tecido Aéreo Acrobático
13h15 – Oficina de Turbante – com Silvinha Azevedo
13h30 – Discotecagem e Microfone aberto
14h – Arquearia – Escola de Pakua
– Roda de bate papo o que é SORORIDADE?
15h – Roda de Capoeira Só para Mulheres – Malta de Saias
– Aula de Defesa Pessoal II
– Desfile de moda – Coleção “Iabás” por Taynah Quirino
15h20 – Discotecagem Minerva Bardo DelDiablo
15h40 – Desfile Moda Praia – Kaluanah Praia de Natália Pipino
16h – Ciranda de Mulheres Sábias com Isis de Castro
16h30 – Performance Rivka Bardo Kippur
16h45 – Shaman Tribal
17h – Beyoncé Diva Cover
17h30 – Marinna & Faya Soul

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + 11 =

ao topo