EDITORIAL

Ilustração: “Manifestación, 1934. Antonio Berni” (Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires)

O Governo Temer não têm legitimidade popular e nem integridade moral. O Congresso Nacional é um dos piores da nossa história republicana e não foi eleito para aprovar as nefastas reformas em curso.

Em ambos, faltam honradez e virtude para decidir sobre o que quer que seja. Quanto mais sobre questões cruciais à vida de milhões de brasileiros. Estão mais para organizações criminosas.

Para nós, as reformas penalizam, sobretudo, as pessoas mais pobres e aumentarão as desigualdades sociais, a fome e a violência, já tão ultrajantes em nosso país.

Em razão disso, o Substantivo Plural apoia e participará da greve geral do dia 28 de abril. Neste dia, nos juntaremos aos milhões de brasileiros e também paralisaremos nossas atividades.

Nenhum direito a menos. Fora Temer.

Todos à greve geral!

Editores:
Tácito Costa
Conrado Carlos
Sheyla de Azevedo

Comments

There are 3 comments for this article
  1. Ítalo de Melo Ramalho 26 de Abril de 2017 22:37

    Todos juntos!

  2. Anchieta Rolim 27 de Abril de 2017 11:01

    Um texto coerente e preciso. Apoiado… Todos à greve geral!

  3. José Saddock 27 de Abril de 2017 22:19

    Bravo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP