Elizabeth Bishop

bishop

“Em cartas inéditas ao colega Robert Lowell, a poeta americana Elizabeth Bishop descreve a literatura, a política e costumes nos anos dourados. “O Rio está mais louco do que nunca”, ela escreveu. “Falta água e o gás anda escasso; em cada edifício só um elevador funciona e há filas intermináveis, quarteirões inteiros para pegar os ônibus miúdos. Enquanto isso o Brasil está construindo uma capital novinha em folha, longe, no interior, onde sequer existia uma estrada um ano atrás”. OTAVIO FRIAS FILHO – REVISTA PIAUÍ

aqui

Go to TOP