Em ‘Porventura’, Antonio Cicero rima (e não rima) poesia com filosofia

Antonio Cicero

Por Luciano Trigo

Autor do consagrado ‘Guardar’ (1997) e ‘A cidade e os livros’ (2002), o filósofo Antonio Cicero lança hoje o seu terceiro livro de poemas, Porventura (Record, 80 pgs. R$24,90), na Livraria da Travessa de Ipanema, no Rio de Janeiro.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo