Encontradas 4 fotografias inéditas de Exupéry

O Público

Antoine de Saint-Exupéry, autor da obra “O Principezinho”, foi fotografado, talvez pela última vez, antes do seu desaparecimento, a 31 de Julho de 1944. Essas fotografias foram agora encontradas, numa caixa de papelão, numa casa da família do aviador Raymond Duriez, perto de Angers, França. Duriez foi companheiro de luta de Saint-Exupéry na II Grande Guerra Mundial.

A família entregou as imagens agora descobertas ao Museu Regional do Ar de Angers, noticiou o jornal francês Le Mondeon-line. Não se sabe quem terá tirado as fotografias.

Numa delas, o escritor aparece de óculos escuros, sentado na cabine de pilotagem do avião de guerra P-38 Lightning.

De acordo com o jornal francês Ouest-France, que trouxe a notícia da descoberta em primeira mão, esta fotografia já teria sido reproduzida numa revista especializada em aviação, aIcare, mas terá passado despercebida.

Outras três imagens mostram o romancista perto de um jipe, num cenário que se parece com a Córsega.

Saint-Exupéry tinha 44 anos quando o seu avião, que estava em missão para recolher dados relativamente ao posicionamento nazi, foi derrubado por um outro. O avião caiu ao mar e o corpo nunca mais foi visto.

Em 1998, segundo a AFP, um pescador encontrou uma pulseira com o nome do escritor gravado e, mais recentemente, em 2003, foram encontrados os destroços de um avião que tinha o mesmo número de série do aparelho que Saint-Exupéry pilotava.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =

ao topo