Encontro de Dança começa amanhã e você pode conferir tudo de graça

Falta apenas um dia para que Natal e região metropolitana se tornem palco para o intercâmbio de conhecimentos e experiências entre companhias, artistas e público. Nesta terça-feira (26), tem início a edição 2016 do Encontro de Dança, sob direção e curadoria de Diana Fontes. O Encontro acontece de 26 de abril a 1º de maio com espetáculos, oficinas, intervenções e debates gratuitos. Duas grandes apresentações abrirão a programação do evento no Barracão Clowns e Teatro Riachuelo.

Dando início a programação, amanhã (26), quem abre as portas com a primeira apresentação é o Barracão Clowns com o espetáculo “SDS1” de Ahilan Ratnamohan (Austrália), a partir das 18h30. O coreógrafo Ahilan Ratnamohan se inspira no suor, vigor e habilidade física do futebol para criar uma obra de dança surpreendente. A apresentação é livre para todas as idades. O público terá acesso até a lotação do local.

Já para o espetáculo La Wagner (para maiores de 18 anos) dirigido por Pablo Rotemberg (Argentina), que acontece no Teatro Riachuelo, às 20h30, o público deve ficar atento. Os ingressos serão distribuídos a partir das 12h de amanhã (26) na bilheteria do Teatro. Cada pessoa poderá retirar apenas dois (2) ingressos e, na ocasião, apresentar o CPF.

Patrocínios e apoios como o Programa Djalma Maranhão – Prefeitura de Natal -, Prefeitura de Parnamirim, Unimed Natal, Rifóles Praia Hotel, Visual Praia Hotel, Manary Hotel e Esmeralda Praia Hotel, além do Governo do Rio Grande do Norte – Lei Câmara Cascudo -, Rio Center; realização Natal Cultural e Espaço Vivo Produções e parceria cultural com Vivadança – Festival de Stuttgart tornam possíveis os Encontros e impulsos à formação da plateia, onde reforçam conexões e promovem o diálogo em prol da arte.

Mais informações no www.encontrodedanca.com .

Sinopses dos espetáculos do dia 26.04.2016

SDS1
O coreógrafo Ahilan Ratnamohan se inspira no suor, vigor e habilidade física do futebol para criar uma obra de dança surpreendente. Descrito por Ahilan como uma espécie de “dança futebol teatro”, SDS1 leva o público a uma experiência surreal, visceral e poética do jogo. SDS1 explora uma linguagem não só física, mas também teatral e psicológica.

La Wagner
Em La Wagner, quatro mulheres, como quatro Valquírias, embaladas pela música de Wagner se dedicam à difícil tarefa de desativar estereótipos, revelar prejuízos e desconfortos em relação a feminilidade, a violência, a sexualidade, o erotismo e também a pornografia.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − onze =

ao topo