Entrevista com Gil Vicente

Censura da OAB foi boa propaganda, diz artista, que participa da abertura da Bienal de São Paulo.

aqui

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Marcos Silva 21 de setembro de 2010 10:21

    Amigos e amigas:

    Sou completamente contrário à censura: arte existe para reflexão. Não considero essa obra de maior alcance: sentimo-nos aliviados com o assassinato ritual e não pensamos mais no assunto. Visualmente, é muito repetitiva dos anos 60/70: que mais se vê, além da identificação dos referenciais?
    Abraços:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo