Entrevista com Herta Müller

herta muller 1Como todos os escritores que receberam o Nobel de Literatura, a senhora passa a ser abordada como uma autoridade moral. Isso a incomoda?

Bom, em primeiro lugar, não sou nenhuma autoridade, nem pretendo me tornar. Também não sou nenhuma instituição. Sou uma pessoa bastante simples e foi nessa qualidade que também escrevi livros. Não é possível que eu, na qualidade de ter escrito livros e com tudo o que vivenciei, de repente seja obrigada a me tornar uma outra coisa, só porque recebi um prêmio. Não posso corresponder a isso, nem quero. Ou seja, eu gostaria de continuar sendo como sou, e é isso que vai acontecer.

aqui

ao topo