Entrevista com Michael Haneke

Folha – Por que, apesar de tratar-se de um filme histórico, às vésperas da Primeira Guerra, o sr. fez questão de deixar o público em dúvida sobre a verdade do que verá.

Michael Haneke – Não gosto de filmes históricos que tentam dar a ilusão de realidade. É um engodo, já que os fatos são contados a posteriori. Assumir a mentira é, paradoxalmente, o único meio de se aproximar da verdade histórica.

aqui

Go to TOP