Entrevista com o escritor Deífilo Gurgel

Em entrevista, o escritor Deífilo Gurgel fala sobre a romanceira potiguar Dona Militana, que sabia cantar “um romance que ninguém conhecia no Brasil, nem em Portugal”. Segundo ele, em Natal, muitas pessoas cantam romances ibéricos, mas não na quantidade conhecida por Dona Militana. “Viajei por todo o nordeste e não consegui encontrar outra pessoa que soubesse cantar todas essas versões”, enfatiza. A maioria das letras dos romances cantados por Dona Militana já haviam sido registrados em livros, mas ninguém nunca havia musicado esse material. Por esse motivo, destaca, “ela é de uma importância transcendental e merece todas as homenagens que foram prestadas em vida e continuam sendo prestadas depois da morte”.

aqui

Comentários

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − dez =

ao topo