Entrevista com o poeta Lau Siqueira

NO DIÁRIO DO TEMPO

Quando a poesia se despe das suas vestes de Medusa, a imagem ofusca os cegos racionais. O existencialismo abstrato é a pele que reveste a poesia do poeta gaúcho radicado em João Pessoa, Lau Siqueira e o seu quinto livro, intitulado Poesia Sem Pele (Casa Verde, 64 pág, R$ 10 – no lançamento).

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo