Equador declara estado de exceção; presidente denuncia tentativa de golpe

O ministro de Segurança do Equador anunciou estado de exceção no país na tarde desta quinta-feira (30), pelo período de cinco dias, após setores policiais se rebelarem contra uma reforma salarial.

O presidente do país, Rafael Correa, denunciou tentativa de golpe “por aqueles que não conseguem chegar no poder pelas urnas”.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =

ao topo