Erasmo diz

Caros amigos:

Erasmo Carlos e Wanderléia foram preconceituados durante muito tempo, ao contrário de Roberto Carlos, tratado há anos como bom cantor. É preciso reconhecer a presença de Erasmo como parceiro de Roberto e também como cantor com escolhas inteligentes – ele regravou, em plena Jovem Guarda, “Eu sonhei que tu estavas tão linda”, de Lamartine Babo.

Suas entrevistas evidenciam inteligência. Lembro de uma entrevista dele para O Pasquim (deve estar na antologia do jornal), falava coisas legais sobre voz e brasilidade.

Continuo considerando “Mesmo que seja eu” uma obra-prima da dupla. A regravação de Marina Lima melhorou o que já era bom.

Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

Go to TOP