Espaço Solidário

TC

A professora do IFRN e leitora do SP Aparecida Fernandes passou hoje pelo meu trabalho para deixar dois exemplares da revista Espaço em Ação, editada pela ONG Espaço Solidário, que realiza um importante – e belo – trabalho junto aos idosos do bairro de Mãe Luiza. A revista é uma edição especial em comemoração aos dez anos de criação da ONG, localizada à rua João XXIII, em Mãe Luiza, e traz reportagem, artigos, depoimentos e poemas. O editor é o Luiz Marinho Júnior e no expediente, entre os colaboradores, vi o nome de Rosimere Vasconcelos, que desconfio foi minha colega no curso de Jornalismo da UFRN “uns tempos” atrás – rs. Quem desejar conhecer o trabalho realizado, para saber no que pode ajudar, pode ir direto à sede da ONG (R. João XXIII) ou manter contato pelo telefone 3202-2992. Aparecida poderia nos contar melhor, em um post, um pouco destes dez anos de história.

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem
  1. Aparecida Fernandes 30 de novembro de 2011 2:36

    Tácito,
    obrigada pela divulgação. Mais alguams informações: o Centro de Convivência Espaço Solidário é ligado ao Centro Sócio Pastoral N. Sra. da Conceição, instituição fundada pelo pelo saudoso Pe. Sabino Gentili, quu, apesar de vinculado à Igreja Católica do bairro, tem estatuto de ONG. Desde 1983 o CSPNSC atua em Mãe Luiza e desenvolve trabalho ancorado no tripé assistência (Escola Espaço Livre, que atende a educação infantil; Casa Crescer, escola de 2º turno que atende a crianças e adolescentes com dificuldade em leitura e escrita, matemática, além de envolver essa clientela em atividades artísticas e desportivas; Espaço Solidário, este centro de convivência de idosos, que completou 10 anos e está divulgado acima; além de inúmeros outros cursos ofertados ao longo dos anos, de idiomas à informática); educação; mobilização comunitária.
    O trabalho do Centro Sócio Pastoral, assentado numa metodologia participativa e nos princípios da promoção humana, tem sido a principal referência do bairro de Mãe Luiza, desde os anos 80, no que se refere ao desenvolvimento social dessa comunidade.
    Em breve, escrevo, sim, Tácito, artigo sobre “essa história” especialmente para o SP.
    abraço.

  2. Anchieta Rolim 26 de novembro de 2011 13:56

    Parabéns a ONG pelo trabalho e a você Tácito pela divulgação. É disso que precisamos …

  3. Denise 26 de novembro de 2011 11:20

    Já soube por terceiros sobre o trabalho desta ONG e gostaria que de fato Aparecida Fernandes divulgasse aqui informações sobre o trabalho feito, pois nosso país é muito carente de iniciativas de assistência ao idoso. Parabéns aos que fazem a instituição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo