Ésprit de finesse

Caros amigos:

Lembrei hoje de uma anotação feita por Blaise Pascal sobre o que ele chamou de “ésprit de finesse”, próprio ao pensamento. Para pensar adequadamente, a pessoa precisa refinar o espírito, ler o que há de melhor, de Homero a Anna Akhmátova. Para insultar os outros, ninguém precisa ler nada – o Programa do Ratinho já basta. Entendo que nós preferimos Akhmátova não Ratinho.

Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

Go to TOP