Estabelecimento histórico fecha e outro se amplia em Ponta Negra

Uma notícia boa e uma notícia ruim. Pena que a notícia boa depende da notícia ruim. Ou decorre dela. Infelizmente a informação postada há dois meses neste blog vai se confirmar. O terceiro Hostel mais antigo do país em funcionamento e por vários anos considerado o melhor e o mais sustentável do Brasil fechará mesmo as portas no próximo 31 de julho, após 25 anos de muita história e uma senhora contribuição ao movimento alberguista brasileiro. O ambiente rústico e o clima medieval, que têm atraído potiguares e turistas se tornou inviável, segundo seu proprietário, Renato de Lucca.

Agora, a notícia boa. Com o fechamento do Lua Cheia Hostel, o espaço será aproveitado para ampliação do Taverna Pub e seus 18 aninhos. Hoje, o Taverna funciona no subterrâneo do Castelo Lua Cheia Hostel. É um espaço relativamente pequeno, mas muito aconchegante e com o charme dos bons “inferninhos” do rock. E bem que Renato tentou impor a boa qualidade de música no local, com projetos memoráveis de rock e blues, mas faltou público. Colocou as terças de samba e, adivinha, fez sucesso. Tinha ainda o marcante Segundas Intenções, às segundas, entre outros momentos originais e mais das vezes simbólicos da música potiguar.

Segundo Renato De Lucca, todos os motivos para o fechamento do Hostel estão relacionados à “degradação institucional e ética num um país sem rumo, administrado por incompetentes, preguiçosos e saqueadores.” Renato frisou ainda que o nome Lua Cheia Hostel e toda sua estrutura mobiliária estão sendo negociadas para que alguém interessado possa continuar o trabalho em outro endereço com estrutura mais enxuta. E conclui que o Taverna Pub – o pub/bar mais antigo de Natal em funcionamento – permanece “por enquanto'”. Se também ruir, será uma perda histórica para a noite natalense já tão carente de opções.

Jornalista por opção, Pai apaixonado. Adora macarrão com paçoca. Faz um molho de tomate supimpa. No boteco, na praia ou numa casinha de sapê, um Belchior, um McCartney e um reggaezin vão bem. Capricorniano com ascendência no cuscuz. Mergulha de cabeça, mas só depois de conhecer a fundura do lago. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo