Estação da vida

primavera

Passou o inverno
E a solidão dos bosques.
Agora, a Primavera
Enfeita a vida
E a solidão dos jardins
Nas noites escuras.
Passou o inverno
E as roseiras engravidam-se
De botões de flores.
Flores tão belas, rosas,
Azuis, amarelas.
Cálidas, silenciosas
Com seus perfumes,
Fazendo poesia,
Inspirando sentimentos.
Passou o inverno
E a solidão do verde
Ficou acompanhada
De pontinhos coloridos,
Porque é Primavera.
As borboletas namoram
No meu quintal.
É tudo lindo.
A vida desperta,
Os pássaros fazem festa,
Acordo sorrindo.
Primavera, afinal.

(Ednar Andrade).
(12.09.2011).

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =

ao topo