Expressões de amor e de misérias

Quando se anunciou, em outubro, a outorga do Nobel de literatura à escritora romena de expressão alemã Herta Müller, o leitor habitual – e alguns profissionais das letras – se admiraram de que uma autora, com mais de duas dezenas de livros publicados e ganhadora, desde 1971, dos mais significativos prêmios literários europeus, só tivesse um único de seus livros editados entre nós (O Compromisso, tr. Lya Luft, saído pela Globo em 2004). Ivo Barroso

aqui

Go to TOP